0

Datas: Do contrato até ficar Online!

Oi meus amoreees!! Hoje eu vou contar para vocês sobre o tempo que levou desde que eu fechei o contrato com a Experimento até ficar Online!
Então vamos lá essas foram as minhas datas:

24/03/2016Assinei o contrato e comecei a preencher o Application.
10/06/2016 – Entreguei o Application.
04/07/2016 – Começaram as correções.
03/08/2016 – Application enviado para APIA.
12/08/2016 – **Online**

Agora que já passou eu não acho que tenha demorado muito tempo durante esse processo, mas enquanto estava nele parecia uma eternidade!! A dica que eu dou é sempre fique no pé do seu agente, eles tem muitas pessoas para tomar conta e é sempre bom perguntar sobre como anda as coisas no seu processo! No próximo post eu irei falar sobre as famílias que entraram no meu perfil! Qualquer duvida é só comentar!!! 

0

Conhecendo as Agências!

Bom pessoal eu vou dar um pouquinho do meu LIMITADO, mas bom conhecimento sobre as agências, primeiramente faça um favor para vocês mesmos, se vocês fazem parte de grupos no facebook sobre Au Pair nãooooo faça a famosa pergunta “Qual agência é a melhor?” procurem na lupa do grupo ou pesquisem no google por que diversos blogs como esse falam sobre esse assunto e podem te dar uma luz, e com certeza você vai se salvar de ter que ouvir “de novo nãoooooo” ou comentários mais mal educados rsrs não é que são má educadas ou não querem ajudar, mas é que elas já ouviram essa pergunta tantas vezes que chega uma hora que elas simplesmente não aguentam mais, alem do fato de que você nunca vai receber uma resposta concreta já que a escolha da agência é muito relativa, pois o que pode ter sido bom para mim pode não ser para você e vice e versa, mas podemos pelo menos falar um pouco sobre elas, então vamos começar pelo obvio, visitem as agências, não apenas uma mas quantas você puder, pense que você ficara um boooom tempo em contato diário com seu agente e precisar do suporte da sua agência constantemente então a primeira coisa que você tem que fazer é se sentir bem com as pessoas e o local, escolha aquele que lhe passar mais confiança e que você seja melhor atendida, isso é crucial para evitar dores de cabeça e estresse desnecessário! Então vamos começar, existem 3 grandes agências nos EUA  que são as mais conhecidas do pessoal a Au Pair in America – APIA, Cultural Care – CC e Au Pair Care – APC.

Continuar lendo

0

Contando para sua família…

Bom tenho certeza que comunicar aos pais e familiares sua decisão é para muitos uma das partes mais difíceis desse processo, para alguns é pela culpa de deixar seus familiares para trás em busca de uma oportunidade, para outros é pelas palavras de desencorajamento e chacota que levam a muitos até desistirem de tudo, eu particularmente senti todo esse medo quando percebi que tinha que contar, a primeira pessoa a saber foi aquela que me incentivo a começar, meu namorado, estamos juntos a 6 anos e dói muito só imaginar estar longe dele todo esse tempo, mas estando comigo a 6 anos ele sabe o quanto esse sonho é importante para mim, e o quanto eu sofreria se vivesse sem conseguir realiza-lo, depois dele resolvi procurar uma agência escolhi a Cultural Care( O que eu falarei em outro post) e marquei uma reunião, fui até a agencia em Outubro de 2015 e tirei todas as minhas dúvidas, no mesmo dia voltando para casa decidi que era hora de contar para meu pai, sendo a pessoa que sempre esperou o melhor de mim em todos os momentos, e a que mais me cobra em relação ao meu futuro, principalmente profissional, resolvi que ele seria o primeiro, passei o caminho inteiro pensando em como abordar esse assunto, e achei melhor falar com ele mostrando mais o aspecto racional; investimento, retorno, como isso me ajudaria profissionalmente, o que faria para o meu futuro, e em seguida falar sobre o aspecto emocional; sonhos, projetos, medos e esperanças, e por fim, tudo correu bem, ele ficou bastante empolgado de me ver feliz e empenhada e prometeu me ajudar e me apoiar no que eu precisasse, no fundo eu sei que ele ficou triste e um pouco preocupado, mas ele sabia o que isso representava para mim. Minha mãe foi a próxima… Continuar lendo